Durante a situação atual causada pela COVID-19, a principal preocupação da Sidel é a saúde e segurança de todos os envolvidos com a empresa, bem como a garantia da continuidade de negócios para nossos clientes. Leia mais

A Sidel firma compromisso com a economia circular aderindo ao R-Cycle

A Sidel está ajudando a tornar a economia circular uma realidade por aderir ao R-Cycle, o padrão de rastreamento aberto para embalagens plásticas sustentáveis.

A empresa global de soluções de embalagem agora é membro do R-Cycle, uma comunidade que desenvolve “passaportes digitais de produtos” para acelerar a reciclagem das embalagens plásticas em todo o mundo. 

Usando um padrão de rastreamento aberto, o R-Cycle permite a reunião de informações sobre propriedades das embalagens plásticas relacionadas à reciclagem. Esses detalhes, armazenados em uma plataforma de dados comum, podem então ser automaticamente acessados e registrados por qualquer maquinário de produção ao longo da cadeia de valor, desde os fabricantes de embalagens e a indústria de conversão até o setor de reciclagem. Em última análise, isso permite que linhas de separação de resíduos identifiquem embalagens recicláveis, ajudando, assim, a criar materiais fáceis de reciclar e puros para reprocessamento, dando origem a uma ampla variedade de produtos plásticos de alta qualidade. 

Francesca Bellucci, Sustainability Portfolio Director, Product Innovation and Marketing da Sidel, explica: 

“A Sidel aderiu recentemente ao R-Cycle porque quer continuar desempenhando um papel importante em dar vida à economia circular. Ter um padrão global que conecte parceiros do mundo inteiro ao longo do ciclo de vida das embalagens plásticas para o registro e acesso de todas as propriedades relevantes da embalagem beneficiará imensamente a sustentabilidade dos produtos. Melhorará tanto os processos de fabricação como a qualidade dos materiais reciclados, resultando na implementação de uma economia genuinamente circular.” 

Dr. Benedikt Brenken, Diretor do R-Cycle, acrescenta: 

“É ótimo ver como nossa comunidade está constantemente crescendo com parceiros progressistas da indústria de embalagens que estão unindo suas grandes forças inovadoras sob a bandeira do R-Cycle. A Sidel está contribuindo com um importante ímpeto aqui e com seu claro compromisso com uma economia circular que funciona, o que nos permitirá avançar juntos.” 

Aumento da eficácia da reciclagem 

Atualmente, as embalagens plásticas recicláveis não podem ser separadas de modo preciso o bastante dos fluxos de resíduos para gerar uma reciclagem de alta qualidade, e isso tem sido um fator significativo nas baixas taxas de reciclagem atuais — apenas 9% do lixo plástico acaba reciclado.[1]  

Reconhecidamente, há dois obstáculos à reciclagem eficaz dos plásticos. Um é a criação de embalagens mais plenamente recicláveis, uma área em que a Sidel está ajudando os clientes a progredir pelo incentivo à adoção do PET, o material plástico mais reciclado disponível até hoje. O outro envolve o aumento da sofisticação dos processos de reciclagem, foco principal do R-Cycle. 

O R-Cycle beneficiará os fabricantes no mundo inteiro por melhorar a eficiência dos processos e a qualidade dos produtos. Ter informações precisas sobre os materiais utilizados ajuda a acelerar a produção, e registrar as propriedades dos produtos agrega valor para seus clientes. 

A R-Cycle foi desenvolvida por uma série de empresas e organizações de tecnologia de toda a cadeia do ciclo de vida das embalagens plásticas, e a Sidel contribuirá com desenvolvimento adicional, como fornecedora líder de soluções para embalagem de bebidas, produtos alimentícios, de cuidados pessoais e domésticos. 

O passaporte digital de produto também ajudará com a conformidade e no fornecimento das informações necessárias para atender aos requisitos atuais e futuros de clientes e legisladores, como o cálculo da pegada de carbono, bem como na Responsabilidade Produtiva Estendida (EPR, na sigla em inglês), uma política cuja abordagem visa tornar os produtores responsáveis pelo tratamento ou descarte de produtos no pós-consumo. O R-Cycle também oferece uma solução viável para o Plano de Ação para a Economia Circular da União Europeia, que busca a rastreabilidade de embalagens plásticas para garantir sua reciclabilidade, incluindo o monitoramento e gerenciamento de informações sobre recursos, bem como a digitalização de dados sobre os produtos. 

Como o R-Cycle funciona

O padrão de rastreamento aberto globalmente aplicável do R-Cycle permite uma documentação integrada armazenada em uma plataforma de dados comum que pode ser acessada por qualquer unidade de produção, desde máquinas de filmes plásticos, injetoras e sopradoras até a conversão, com enchedoras, bem como linhas de triagem de resíduos e reciclagem. Ele viabiliza o registro das propriedades relacionadas à reciclagem do material e o acesso a elas através de uma marcação adequada, como uma marca d’água digital ou código QR na embalagem. A tecnologia de rastreamento por trás do R-Cycle é baseada nos padrões da GS1, a rede global líder no desenvolvimento de processos intersetoriais, e já está sendo usada por diversas indústrias mundialmente, como, por exemplo, no rastreamento de alimentos frescos. 

Francesca Bellucci conclui: “Por conectar todos os parceiros que agregam valor ao longo do ciclo, a R-Cycle é a base para a obtenção de materiais reciclados de alta qualidade para o estabelecimento de uma economia circular que funcione.”

 

[1] OCDE, Global Plastics Outlook, fevereiro de 2022.

O Grupo Sidel atualizou sua política de privacidade
OK, entendi