Huanlejia China adota embalagem PET para seu leite de coco, a fim de reforçar a imagem da marca e a produção

A Huanlejia, fabricante de alimentos e bebidas de renome na China, iniciou recentemente a produção de seu leite de coco — anteriormente envasado em PEAD — em garrafas PET. Os principais objetivos da mudança eram reforçar a imagem da marca e agilizar a produção. A experiência de 40 anos da Sidel em envase asséptico foi fundamental para a realização do projeto. A nova garrafa PET de leite de coco, já premiada localmente, é produzida em duas linhas completas de envase PET asséptico da Sidel, a uma cadência de 48.000 garrafas por hora (gph).

 

Em 2016, a categoria de bebidas com mais rápido crescimento mundial foi a de águas vegetais, como a de coco. O crescimento de valor chegou a incríveis 20 por cento. O sucesso dessa nova categoria pode estar ligado à maior demanda do consumidor por bebidas saudáveis e funcionais. Embora a água de coco domine o mercado de águas vegetais e de raízes industrializadas, uma enorme variedade de produtos de menor destaque na categoria vem sendo introduzida, realizando experimentos sofisticados com sabores e preferências do consumidor.[1] 

Em um contexto de atitudes de consumo de modo geral mais saudáveis, as vendas de sucos de fruta 100% integrais, de água engarrafada e de chás vêm aumentando expressivamente, em detrimento da venda de sucos com adição de açúcar.[2] Um bom exemplo dessa tendência é o leite de coco agora em PET da Huanlejia, uma alternativa vegetal às bebidas lácteas vendidas no mercado chinês. A fabricante chinesa de alimentos e bebidas, que emprega mais de 4 mil trabalhadores em suas unidades de produção nas províncias de Guangdong, Hubei e Shandong, com faturamento anual de mais de 3 bilhões de RMB, envasava seu enorme portfólio de produtos em latas, PEAD e vidro. Esta é a primeira vez que a Huanlejia adota as garrafas PET para promover seu leite de coco, anteriormente envasado em PEAD.Com um rótulo termoencolhível desenhado para reforçar o valor da marca e do produto, o leite de coco da Huanlejia envasado em PET foi bem recebido pelos consumidores locais, e inclusive eleito produto-estrela na Feira de Alimentos e Bebidas de Chengdu 2018, que ocorre anualmente.

Troca bem-sucedida de PEAD para embalagem PET asséptica

Há dois anos, a Huanlejia decidiu lançar o leite de coco em garrafas PET, devido às múltiplas vantagens, tanto do material, quanto da linha de produção de embalagens. O PET é resistente, inquebrável, leve, transparente, seguro e, principalmente, 100% reciclável. A garrafa PET garante 12 meses de prazo de validade do leite de coco, dispensando selo de alumínio esterilizado antes da tampa devido à alta segurança de vedação entre o gargalo e a tampa. Desse modo, as garrafas PET não raro melhoram a imagem da marca e a experiência geral do consumidor. Tudo isso graças a equipamentos capazes de fabricar embalagens a taxas de produção mais elevadas e custos menores, viabilizados pela redução no consumo de energia e matéria-prima. Com esses benefícios em mente, a empresa buscava um parceiro confiável que oferecesse linhas PET assépticas completas.

Do projeto à garantia de desempenho

Quando a Huanlejia adquiriu as duas novas linhas de envase PET, a excelente reputação da Sidel no setor asséptico foi determinante. Outro fator foi a experiência comprovada da Sidel como parceiro de soluções completas — desde o preparo, tratamento e envase asséptico do produto até a logística. As soluções completas da Sidel são projetadas e executadas com base nas necessidades do cliente e no desempenho como ponto-chave, sempre. A segurança em todos aspectos também é garantida com o cumprimento das normas exigidas em relação à segurança dos alimentos, integridade dos produtos e procedimentos ergonômicos de operação. Adquirir soluções de linha completa de um único fornecedor é uma escolha lógica: simplifica o trabalho do cliente desde a compra, instalação, comissionamento, e principalmente, garante a vida útil e o desempenho da linha.

Quando escolheu a Sidel — especialista em receitas e processamento de bebidas, desenvolvimento de embalagens, engenharia, maquinário, produção e serviços — como parceiro de soluções completas, a Huanlejia passou a conhecer mais amplamente toda a cadeia de suprimentos do PET: desde as tendências do mercado atual e a evolução do gosto do consumidor até os desafios da distribuição de bebidas e as normas locais.

Encontrar a solução ideal para a Huanlejia envolvia mais que uma simples escolha de equipamento; exigia uma abordagem flexível na instalação das duas linhas completas de envase PET asséptico. Devido às instáveis demandas atuais no mercado chinês, a empresa acertou ao considerar as necessidades específicas atuais e futuras de suas linhas de envase, do início ao fim.

Duas linhas PET assépticas completas operando a 48.000 gph

Reconhecendo a tradição da Sidel no ramo, a empresa chinesa optou por duas linhas PET assépticas completas com produção de 48.000 gph. Ambas as linhas — que começaram a produzir em Linyi, província de Shandong, e Hanchuan, província de Hubei, entre março e abril de 2018 — são equipadas com a Sidel Aseptic Combi Sensofill, aplicando a descontaminação tradicional úmida de garrafas para garantir a integridade da bebida. Também incluem transportadores Gebo Cermex e paletizadoras automáticas Pal-Kombi. A eficiência global das linhas será monitorada e otimizada com o sistema EIT® (Efficiency Improvement Tool). Esse sistema melhora a produtividade e permite que funcionários em todos os níveis da empresa acessem, em tempo real, dados relevantes e práticos sobre desempenho, qualidade, eficiência, perdas e outras questões de produção.

 

 

[1] Euromonitor 2017

[2] Euromonitor 2017

VAT No.: IT01787680345