Durante a situação atual causada pela COVID-19, a principal preocupação da Sidel é a saúde e segurança de todos os envolvidos com a empresa, bem como a garantia da continuidade de negócios para nossos clientes. Leia mais

StrongPack e Sidel formam parceria na criação de importante polo de co-packing de bebidas não alcoólicas na África

Recentemente, a StrongPack Ltd estabeleceu operações no mercado nigeriano com a missão de se tornar a empresa de produção de embalagens terceirizadas para bebidas não alcoólicas de alta qualidade número um da África. Como parte de seu projeto greenfield, a empresa instalou um total de quatro linhas da Sidel ao longo de dois anos: uma linha de latas, duas linhas de PET completas comuns e uma linha de PET com o sistema de revestimento Sidel ActisTM. Esse último recurso foi essencial para atender alguns dos desafios na cadeia de distribuição local, devido à sua importância em prolongar o prazo de validade das bebidas. Ao escolher o Actis, a StrongPack pôde reduzir o peso das garrafas em 25% e criar novas formas para elas.

Os refrigerantes são a segunda categoria de bebidas mais popular na África, vindo após a água engarrafada. O segmento continua a crescer principalmente devido ao fato de que o poder aquisitivo dos consumidores tem aumentado de modo constante em um continente com as populações mais jovens do mundo.[1] No entanto, a distribuição se torna complicada devido às longas rotas de transporte e condições difíceis das estradas, gerando uma grande demanda de bebidas engarrafadas com prazo de validade maior. 

Dentro desse mercado emergente, a Nigéria é um caso muito interessante. Com 195,9 milhões de habitantes e um crescimento populacional de 2,6% em 2018[2], o país tem apresentado um desempenho saudável no mercado de refrigerantes já há alguns anos, mesmo durante recessões (com um crescimento de volume de 11,1% CAGR de 2012 a 2017). Esse fenômeno foi impulsionado principalmente pelo crescimento populacional, concorrência de preços e campanhas de marketing agressivas das principais empresas de refrigerantes do mundo.[3]

Buscávamos uma solução que nos ajudasse a superar alguns desses desafios. Após cuidadosa deliberação, descobrimos que a Sidel com seu sistema Actis — integrado em configuração Combi em uma das linhas completas de PET — tinha a solução mais adequada para as condições da cadeia de valor local.

Del Tupaz
Diretor-executivo da StrongPack

Uma abordagem comercial focada na inovação

Ao testemunhar essas oportunidades comerciais no mercado de refrigerantes, a StrongPack iniciou suas operações em 2018 como co-packer de bebidas não alcoólicas com metas ambiciosas: “Nos próximos cinco anos, queremos nos tornar a empresa número um de embalagem terceirizada para bebidas não alcoólicas de toda a África”, explica Del Tupaz, diretor-executivo da StrongPack. “Ao mesmo tempo, temos por objetivo ser a co-packer de alta qualidade líder na Nigéria, para qualquer marca. Isso é fundamental na nossa abordagem comercial, e o retorno disso é certo. Recentemente, começamos a envasar garrafas PET de 600 ml para uma empresa líder mundial em refrigerantes”, acrescenta. 

Quando iniciou suas operações na Nigéria, a StrongPack precisava se diferenciar das grandes empresas atuantes no mercado, oferecendo recursos exclusivos, em um país cuja preferência histórica é pelas garrafas de vidro retornáveis. 

A empresa fez isso ao investir em tecnologia de ponta para produção de PET e lata, ampliando a oferta de opções de embalagem para seus clientes. O PET, por exemplo, é conhecido pela praticidade, desempenho e possibilidade de reutilização oferecidos por toda a cadeia de suprimentos. No entanto, devido às altas temperaturas e logística complicada na Nigéria, o emprego das embalagens PET lá é mais desafiador do que em outras partes do mundo. Alguns produtos ficam à mostra e são comercializados ao ar livre em feiras, muitas vezes diretamente debaixo de sol — um sistema de distribuição que resulta em perda de carbonatação. Além disso, com as más condições das estradas, as garrafas são chacoalhadas durante o transporte, piorando a perda de carbonatação. 

O diretor-executivo da StrongPack acrescenta: “Buscávamos uma solução que nos ajudasse a superar alguns desses desafios. Após cuidadosa deliberação, descobrimos que a Sidel com seu sistema Actis — integrado em configuração Combi em uma das linhas completas de PET — tinha a solução mais adequada para as condições da cadeia de valor local.” Essa decisão torna a StrongPack a primeira e única fábrica de bebidas na África com a tecnologia Sidel Actis instalada, capaz de fornecer garrafas PET para refrigerantes com revestimento. 

Parceria importante garante êxito em projeto greenfield 

A StrongPack começou a conversar com a Sidel há alguns anos, quando entraram no ramo de envase de bebidas, visando um empreendimento inteiramente novo com duas linhas completas, uma para latas e outra para garrafas PET. As linhas começaram a funcionar em 2018, quando a empresa se dedicava principalmente ao envase do refrigerante da marca RC Cola, uma das principais marcas de refrigerantes de cola do mundo, fundada em 1905. O desempenho e confiabilidade das linhas correspondeu perfeitamente às expectativas da co-packer. Assim, a StrongPack investiu em outras duas linhas de PET completas, uma para PET padrão e a outra integrando a solução Sidel Actis em configuração Combi.

Planejado em um novo terreno de 8,4 hectares e abrigado em instalações de 32.000 metros quadrados em Agbara, área industrial próxima a Lagos, esse projeto greenfield era especialmente desafiador. Por isso, a StrongPack procurava apoio local e um parceiro de mente aberta, inovador, proativo e confiável para esta tarefa de criar, do zero, um polo de co-packing de liderança. “Ao longo de todo esse projeto desafiador, contamos com a parceria da Sidel e sua equipe bem-estruturada. Junto com seus gerentes de projeto e designers de linha, avaliávamos regularmente o projeto e fazíamos os ajustes quando necessário. Durante esse processo, tivemos uma grata surpresa em relação a como a equipe da Sidel atendeu nossos requisitos, tanto na velocidade e flexibilidade quanto na abordagem holística que aplicavam. Mesmo diante de desafios imprevistos, atingimos nossas metas graças à excepcional comunicação entre as equipes, que praticavam diariamente uma cultura de aprendizagem”, comenta o diretor-executivo da StrongPack

Ele acrescenta: “Com o pleno desenvolvimento das instalações, será possível produzir 1,2 bilhão de litros de bebidas não alcoólicas por ano. A capacidade e os recursos de nossa fábrica em Agbara farão dela um polo importante para muitos clientes africanos em potencial.” 

Mais alto nível de flexibilidade: refrigerante envasado em diferentes tipos e formatos de frascos 

Graças à parceria de sucesso com a Sidel, a co-packer nigeriana tem agora uma fábrica preparada para o futuro com quatro linhas completas, nas quais os equipamentos e processos operam com eficiência, permitindo rápidas trocas de formato e CIPs, resultando em excelente confiabilidade e flexibilidade na produção, tanto em latas como em PET. “Desde o início, não tínhamos a menor dúvida em relação à competência da Sidel — sabíamos que era uma das empresas líderes na indústria, que fornecia soluções de pronto uso para refrigerantes.” É interessante notar que a Sidel e a StrongPack têm valores em comum, como na segurança de funcionários e nos altos padrões de qualidade. “A execução do projeto — inclusive a instalação da tubulação, design do layout e a definição da área de processamento — foi realizada com foco absoluto na acessibilidade e funcionalidade. Foi excelente. Nada era feito de qualquer jeito”, acrescenta. 

A capacidade de produção geral da fábrica em Agbara atualmente chega a incríveis 850 milhões de garrafas PET por ano, incluindo tanto garrafas padrão como as com revestimento. As duas linhas comuns de envase em PET estão operando a 36.800 garrafas por hora (gph) e 46.000 gph. Além disso, a versátil linha de latas produz 40.000 latas por hora. No caso dessa linha, todo o conceito e layout dela foi originalmente desenvolvido para atender à produção de malte não alcoólico, uma bebida bem popular na Nigéria. “Acreditamos que há um mercado crescente para essa bebida, e é por isso que, desde o início, colocamos um pasteurizador — projetado para produtos sensíveis — em nossa linha de latas. Não é apenas para o malte, mas também para poder processar outras bebidas, como chá gelado e sucos em latas. Essas ainda não são extremamente populares na Nigéria, mas ter uma configuração assim nos prepara para o futuro e confere alta flexibilidade à nossa produção”, explica o diretor-executivo da StrongPack

Garrafa leve economiza três toneladas de resina PET por dia 

A linha de PET completa com a solução Actis em configuração Combi, processando dois formatos de garrafa (350 ml e 500 ml), tem enriquecido as vantagens de produção exclusivas oferecidas às marcas de refrigerantes pelas instalações em Agbara. Actis (Tratamento da Superfície Interna com Carbono Amorfo, na sigla em inglês) é a tecnologia comprovada da Sidel de revestimento de plasma que prolonga o prazo de validade das bebidas em até cinco vezes, viabilizando a redução de peso sem comprometer a reciclabilidade. Essas vantagens, aliadas à facilidade de operação e às muitas referências de instalações da Actis no mundo — atualmente responsáveis pela produção de mais de cinco bilhões de garrafas de refrigerantes, cerveja, sucos, chás e café — constituem o motivo de a StrongPack ter escolhido essa solução. “A redução do peso da garrafa de 350 ml para 15,5 gramas nos permite economizar cerca de três toneladas de resina por dia. São três toneladas que não acabarão no aterro sanitário”, diz a empresa. 

Auxiliada pela tecnologia Actis e pelo aumento no prazo de validade das garrafas PET, a StrongPack planeja alcançar outros mercados na África Ocidental que, de outro modo, não estariam disponíveis para a empresa. A escolha da solução Actis também ofereceu a oportunidade de desenvolver um novo design de garrafa para os formatos de 350 ml e 500 ml, que não apenas corresponde aos requisitos da Actis, mas também sobressai no ponto de venda — fator fundamental no mercado nigeriano. “Atualmente, estamos satisfeitos especialmente com a solução Actis; tanto é, que renovamos nossa confiança na Sidel e já encomendamos uma segunda linha de PET com essa tecnologia”, conclui, orgulhoso, o presidente da StrongPack, Eric Thibault.

 

[1] Euromonitor 2018

[2] Banco Mundial (https://www.worldbank.org/)

[3] Euromonitor 2018

O Grupo Sidel atualizou sua política de privacidade
OK, entendi