HÁ 35 ANOS, A SIDEL LANÇAVA A PRIMEIRA SOLUÇÃO DE PRODUÇÃO COMERCIAL SBO PARA O ENVASE DE BEBIDAS EM PET DO MUNDO

22/12/2015

 

Há 35 anos, a Sidel criava sua primeira solução comercial SBO para a produção de garrafas PET destinada à indústria de bebidas. Desde então, a empresa vem produzindo soluções PET inovadoras e, não raro, pioneiras para o acondicionamento de líquidos. Para atender às demandas crescentes e em constante mutação dos clientes, a Sidel faz uso de sua vasta experiência em engenharia e embalagens PET e introduz inovações industriais, incentivando, ainda, a ampliação do uso do PET, que continua a ser considerado a melhor solução para o envase de líquidos.

 

old blowerFoi em 1980 que a Sidel, líder mundial no fornecimento de soluções PET para envase de líquidos, lançou a primeira solução de produção comercial SBO do mundo para a embalagem de bebidas em PET - a sopradora SBO para refrigerantes (CSD). Desde então, a empresa desenvolveu muitas das tecnologias de envase em PET que contribuíram para melhorar o desempenho em todas as categorias de bebidas e gerar imensos ganhos de produtividade nas linhas completas. Em 2014, uma sopradora Sidel Matrix™ produzia 134 mil garrafas por hora (gph) na linha de produção de água mais rápida do mundo - quase 40 vezes mais rápido que a sopradora SBO de 1980, cuja produção era de 3.600 gph. A Sidel introduziu inúmeras inovações nas enchedoras, propiciando avanços substanciais na precisão de enchimento e na redução de desperdícios. A tecnologia de rotulagem também tem feito enormes progressos. Em um recente projeto, duas rotuladoras foram substituídas por uma única Sidel Matrix Rollfed, com um aumento da capacidade de produção de 16%.

old fillerNicholas Bloch, Executive Vice President for Group Communications da Sidel, explica os valores essenciais que alicerçam esses progressos: "Todos esses avanços em termos de equipamentos têm como objetivos primordiais: a redução do custo total de propriedade através da flexibilidade da produção, a eficiência, a integridade do produto e a redução do consumo de energia e de matérias-primas."

 

 

 

O design inovador continua sendo a prioridade

A história das embalagens PET evoluiu rapidamente desde o importante ponto de partida, em 1980, mas a inovação do design das garrafas continua sendo essencial. A Sidel contribuiu e continua contribuindo de maneira decisiva para o desenvolvimento dos melhores designs de garrafa PET de líquidos. A empresa sempre priorizou o design inovador de embalagens, identificando as tendências do mercado, a fim de criar formas originais e atraentes para que os fabricantes possam diferenciar seus produtos em um mercado dinâmico e extremamente competitivo.

O empenho da Sidel para desenvolver o design de embalagens também privilegia iniciativas de redução de peso. A título de exemplo, o peso da garrafa PET de água sem gás de 500 ml foi reduzido em mais de 70% entre 1985 e 2014. Graças à iniciativa RightWeight™ da Sidel, a garrafa PET de água de 500 ml pesa apenas 7,95 gramas, além de oferecer uma excelente resistência à carga vertical.

 

O crescimento do PET

Durante esses 35 anos, o uso do PET se expandiu e hoje é a matéria-prima mais usada nas embalagens de líquidos. A demanda do consumidor por materiais mais leves e práticos, afinados com um estilo de vida mais ativo, em que os produtos são consumidos em qualquer lugar, estimula o crescimento do PET como alternativa ao vidro. Esse crescimento pode ser observado em diversos setores: bebidas, alimentos, produtos de limpeza e higiene pessoal. Segundo prognósticos, o uso de embalagens PET deve crescer 5% (taxa de crescimento anual composta) entre 2014 e 2018, enquanto o do vidro deve chegar a 2%[1]. O PET é uma barreira resistente, leve e higiênica que exige menos recursos para a produção e o transporte, além de conservar as bebidas frescas, seguras e saborosas. A produção sustentável é um dos maiores desafios que enfrentamos atualmente. O fato de o PET ser 100% reciclável, seguro e praticamente eliminar a geração de resíduos de embalagens representa um fator cada vez mais decisivo na hora de optar pelo material a ser usado.

 

 

old labellerEtapas históricas da Sidel: evolução do PET

Desde o lançamento da primeira garrafa PET há 35 anos, a Sidel tem sido responsável por um grande número de progressos tecnológicos. Veja alguns dos mais notáveis:

 

 

  • 1980: Lançamento da primeira solução de produção comercial SBO para o envase de bebidas em PET do mundo, com a sopradora SBO para refrigerantes.
  • 1984: Lançamento do processo de aquecimento preferencial, que permite a produção de formas complexas e garrafas PET "planas" para produtos de limpeza e de higiene pessoal. A linha de produção de bebidas mais rápida do mundo fabrica 15 mil gph com uma SBO 24.
  • 1985: Desenvolvimento da primeira garrafa PET de água sem gás.
  • 1986: Invenção da tecnologia resistente ao calor (HR) para acondicionamento de sucos, isotônicos e chás pela primeira vez em garrafas pasteurizáveis com enchimento a quente.
  • 1997: Lançamento do sistema Sidel Combi, primeira solução integrada de sopro-enchimento-fechamento do mundo. Lançamento da Rollquattro, uma rotuladora de alta velocidade para frascos PET capaz de rotular até 60 mil gph.
  • 2002: Fabricação da primeira garrafa PET de leite em um sistema Combi asséptico.
  • 2006: Lançamento do sistema de descontaminação seca de preformas Predis™
  • 2007: Lançamento do sistema de descontaminação seca de tampas Capdis™.
  • 2013: Lançamento do Sidel Matrix, sistema modular de envase de líquidos revolucionário compreendendo sopradoras, enchedoras, Combis e rotuladoras. Lançamento da garrafa RightWeight para água sem gás, 70% mais leve que a produzida há 30 anos.
  • 2015: Lançamento da sopradora Sidel Matrix eHR, equipada com aquecimento elétrico de moldes - em vez do aquecimento a óleo convencional - para a fabricação sistemática de garrafas PET de alta qualidade enchidas a quente.

 

De olho no futuro

A tecnologia continuará sem dúvida a evoluir para atender às mudanças constantes das exigências dos clientes. A tendência indica uma procura por produtos mais saudáveis e um aumento da urbanização, o que resultará na demanda por embalagens adaptadas a um estilo de vida mais dinâmico. Há também os desafios decorrentes dos recursos limitados do planeta, com projeções indicando que a demanda por bebidas vai dobrar até 2030. O PET ocupa uma posição privilegiada para enfrentar esses desafios. Trata-se de um material de embalagem sustentável capaz de agregar valor em todas as etapas do processo, desde a redução do consumo de matérias-primas até a reciclagem pós-consumo.

O PET reciclado (R-PET) está sendo usado para produzir garrafas, além de muitos outros produtos. Há pesquisas em andamento sobre resinas feitas de materiais não fósseis, chamados Bio-PETs, para tirar proveito dos progressos já feitos. Graças a uma abordagem holística do design de embalagens PET, as cadeias de fornecimento podem ser transformadas em cadeias de valor. Isso mostra a evolução do material desde a introdução da primeira solução comercial para a produção de garrafas PET em 1980 e como continuará a contribuir de maneira inestimável para o advento de soluções de envase de bebidas no futuro. A Sidel terá um papel fundamental nessa jornada. A empresa dedica-se exclusivamente ao PET e investe constantemente em inovação para que a evolução beneficie os clientes, a indústria e o planeta.



[1] Euromonitor

 

Comunicado de imprensa para descarregar.

 

 

VAT No.: IT01787680345