Durante a situação atual causada pela COVID-19, a principal preocupação da Sidel é a saúde e segurança de todos os envolvidos com a empresa, bem como a garantia da continuidade de negócios para nossos clientes. Leia mais

Empresa belga Inex escolhe as soluções assépticas da Sidel para envasar leite UHT em garrafas PET

A produtora de leite belga Inex escolheu a linha de embalagem asséptica em PET da Sidel para ajudá-la a atender à crescente demanda de leite produzido localmente, ocasionada pelas restrições da COVID-19 em março. Graças à nova e sustentável linha de embalagem da Sidel, a Inex planeja incrementar a capacidade de produção fornecendo leite UHT em garrafas PET.

Empenhada na sustentabilidade e no fornecimento de leite de alta qualidade, a Inex é uma empresa de capital 100% fechado no coração da Bélgica. Ela exporta 50% de sua produção para países vizinhos e produz uma variedade de laticínios autênticos, como leite longa vida UHT e fresco, bebidas lácteas, nata e outros derivados de leite. O leite é coletado exclusivamente de fazendas locais na Bélgica, e a Inex estabeleceu uma relação de longo prazo com seus fornecedores. A Inex fabrica tanto produtos próprios como para marcas de redes varejistas de liderança.

Para aumentar a capacidade de produção e simultaneamente reduzir o impacto ambiental, a Inex cooperou de perto com a Sidel para projetar e instalar a nova linha de embalagem asséptica para o envase de seu leite UHT em uma garrafa PET segura, sustentável e fácil de usar.

Fatores ambientais orientam a decisão sobre a embalagem PET

Para ajudar a Inex a entender melhor as vantagens de mudar de embalagem cartonada longa vida para PET branco, a Sidel apoiou a Inex em experiências de verificação e com uma visita a uma instalação similar. “A Sidel foi uma excelente parceira na cooperação. Todos os pontos de vista que ela apresentou tornaram claro para nós como a nova linha seria vantajosa”, comenta Steven Dierickx, CEO da Inex. Alguns dos fatores mais importantes considerados giravam em torno do fato de que o PET não só é uma solução perfeita e segura para produtos de baixa acidez sem refrigeração, mas também é um material 100% reciclável de ciclo fechado. Além disso, a produção com a Sidel Aseptic Combi Predis™, solução de sopro, enchimento e fechamento com esterilização seca de preformas e tampas, é muito mais ecologicamente correta. Não há consumo de água, e bem poucos produtos químicos são usados para esterilizar a garrafa durante a produção.

A nova embalagem PET para o leite UHT da Inex (desnatado, integral, etc.) em formatos de 500 mL e 1 L se destaca quando comparada às demais, as tradicionais cartonadas. A garrafa PET branca garante propriedades estáveis de barreira à luz, proporcionando longo prazo de validade e integridade do produto sem nenhuma folha de alumínio. A Sidel trabalhou de perto com o fornecedor da preforma para garantir a qualidade de injeção dela e validar a vedação do gargalo e tampa com seu exclusivo teste B180, garantindo a ausência de vazamento quando a garrafa é armazenada horizontalmente na geladeira. “A nova garrafa PET contém no mínimo 25% de PET reciclado, é 20% mais leve que outras garrafas de plástico (PE) — e portanto, tem uma pegada de CO2 20% menor”, comenta Steven Dierickx.

“A Sidel foi uma excelente parceira na cooperação. Todos os pontos de vista que ela apresentou tornaram claro para nós como a nova linha seria vantajosa” 

Steven Dierickx
CEO da Inex

Potencial da linha de embalagem incrementa produção asséptica

“Inicialmente, o cliente preferia um design especial de linha com algum espaço para otimização na estrutura de produção devido às restrições de espaço na fábrica. Assim, sugerimos que a Inex dividisse a produção entre dois prédios”, revela Sébastien Sergues, Business Development Manager for Food Category da Sidel. Em resultado disso, o fluxo de produção na nova linha de PET foi distribuído entre uma fábrica especializada no envase e na rotulagem e um armazém projetado para paletização, embalagem de paletes e gerenciamento de expedição, com packs sendo transportados entre os dois locais. A linha de embalagem PET completa é inteiramente fabricada pela Sidel com uma solução de fim de linha otimizada.

 

Produção começa antecipadamente para atender a demanda adicional de leite

A produção comercial na linha asséptica estava programada originalmente para começar em meados de março. No entanto, devido ao surto de COVID-19, a demanda de leite do mercado doméstico aumentou rapidamente, e a empresa precisava produzir mais. Graças à estreita colaboração entre as equipes da Inex e Sidel, foi possível iniciar a produção com três semanas de antecedência. Steven Dierickx recorda: “O ramp-up rápido da linha antes do programado permitiu que aumentássemos a produção. Isso só foi possível por causa do excelente suporte que recebemos dos especialistas da Sidel tanto na fábrica como remotamente. Também encontramos conjuntamente uma solução para aumentar o número de turnos de dois para três.”

A nova linha de embalagem PET asséptica é altamente eficiente, e a Inex recebeu treinamento intensivo para operá-la. A linha também abre oportunidades futuras para alta flexibilidade de produção, podendo processar diversos formatos e oferecendo um método de embalagem alternativo para que outros produtos, como nata, sejam envasados em garrafas PET.

“Outubro passado, a Rainha Mathilde da Bélgica visitou a fábrica da Inex para saber mais sobre produção local e sustentável de alimentos. Ela mostrou bastante interesse no assunto e expressou seu apreço por nossos funcionários. Estamos muito orgulhosos do interesse demonstrado e dos comentários feitos por ela”, conclui Steven Dierickx.

O Grupo Sidel atualizou sua política de privacidade
OK, entendi